3384-5042 | contato@studioelaser.com.br - De segunda a sexta das 9:00 às 21:00 e aos sábados das 9:00 às 16:00.
Av. Paulista, 2.006, cj.803 a 805

Blog Subtitle

Blog

Conheça a massagem com pedras quentes

massagem com pedras quentes

Você está sentindo todo o estresse do dia a dia se acumulando no corpo? Então, está precisando de uma massagem com pedras quentes, técnica que combina a massoterapia e a termoterapia (terapia realizada pelo calor). Dentre os benefícios, estão o relaxamento dos músculos, a ação analgésica e liberação de serotonina (neurotransmissor responsável pela sensação de bem-estar).

Massagem com pedras quentes: relaxamento para o corpo todo

Se você já pesquisou na internet sobre pedras quentes e massagem, provavelmente se deparou com a técnica que combina a pressão e o calor das pedras de basalto com o relaxamento promovido pelo uso dos óleos aromáticos. As massagens realizadas com essas pedras podem ser aplicadas no corpo todo, inclusive no rosto e na cabeça, promovendo uma intensa sensação de relaxamento. Mas, você sabe como essa massagem é feita?

A primeira etapa do processo é realizar uma massagem por todo o corpo com óleos aromáticos, podendo variar entre os vegetais e os essenciais. Nesse primeiro momento, o foco é relaxar o corpo por meio do toque, as massagens de maneira geral têm como objetivo aliviar as tensões que enrijecem a musculatura.

Na sequência, o massoterapeuta deposita as pedras aquecidas (é utilizado um aquecedor próprio para essa finalidade) nos pontos conhecidos como pontos de acupressão. Elas deverão permanecer nesses pontos por alguns minutos para promover o relaxamento. A duração de uma massagem ideal para quem sofre com o estresse do dia a dia, costuma ser de 1 hora por sessão.

Origem da técnica de massagem com pedras quentes

A técnica que combina a pressão do toque da massagem com o calor das pedras aquecidas remonta a milênios passados. Há registros do uso de massagens termoterápicas realizadas por curandeiros da antiguidade, como xamãs, povos orientais como os chineses (desde a dinastia Shang de 2000 a 1500 a.C.) e indígenas.

Para se ter uma ideia, existe a menção de que essa técnica era utilizada pelo povo maia. Para a cultura ocidental moderna, a massagem com pedras quentes é praticamente uma novidade, os primeiros registros do seu uso são do século passado nos Estados Unidos.

Por que massagem faz bem?

Massagens de uma forma geral contribuem para a redução do estresse, controle da ansiedade, aumento da circulação sanguínea, redução da pressão arterial em hipertensos, diminuição da sensação de dor e promoção de relaxamento de uma maneira geral. Pode ser uma excelente ajuda para aqueles momentos em que estamos com problemas físicos e/ou emocionais que causam estresse.

Conheça os principais benefícios da massagem com pedras quentes

Nos últimos anos, aumentou consideravelmente a procura por massagens com pedras quentes, isso por que os benefícios da técnica se tornaram mais conhecidos. A seguir, você poderá conhecer melhor esses benefícios.

– Relaxamento total

Essa massagem oferece uma sensação de relaxamento pleno, pois o calor das pedras alcança as fibras mais profundas da musculatura.

– Melhora da circulação sanguínea

Como as pedras utilizadas para a massagem são aquecidas, um dos benefícios obtidos é a melhora da circulação sanguínea no local em que são usadas.

– Efeito analgésico

O contato das pedras quentes com a pele faz com que o cérebro libere neurotransmissores com ação analgésica como endorfina e encefalinas. Essa massagem é indicada, inclusive, para o alívio de cólicas menstruais.

– Sensação de bem-estar

O calor também faz com que aumente a liberação de serotonina pelo cérebro, esse neurotransmissor oferece sensação de bem-estar e felicidade. Uma das consequências, é a redução do estresse e das tensões.

– Aumento da drenagem linfática

Melhora o processo de eliminação da linfa de maneira que o organismo fica livre de micro-organismos e substâncias que podem ser tóxicas.

E você, já fez uma massagem com pedras quentes?

Sem Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *